phone (51) 3595-2254 - Novo Hamburgo / RS

phone (51) 3589-4578 - São Leopoldo / RS

phone (31) 2551-2300 - Belo Horizonte / MG

Lombalgia

 

A Lombalgia ou dor nas costas é definida como dor na região que  fica entre as costela e os glúteos com ou sem irradiação para as pernas. Ocorre mais frequente em pessoas entre 35 e 55 anos. Em torno de 85% dos casos não são atribuidos a patologias e ocorrem sem que haja uma alteração ou dano na estrutura da coluna e é influenciada pela forma que a usamos. Há estudos que indicam que um desequilíbrio muscular pode contribuir para sua origem.

 

Os fatores de risco mais frequentes são:

- Trabalho com esforço físico

- Movimento de inclinação, rotação, empurrando ou puxando

- Trabalho repetitivo

- Posições estásticas por longos períodos

- Trabalho em aparelho que geram vibração

- Fatores psicológicos

 

Em 90% dos casos a dor nas costas alivia em 6 semanas e em torno  10% dos paciente desenvolvem sintomas crônicos e recorrentes.  

 

A maioria dos paciente apresenta melhora com repouso, medicações, modificações das atividades diárias e fisioterapia. A fase aguda o repouso e a medicação são suficientes , quando aliviada as dores incia-se exercícios a fim de melhorar o funcionamento da região lombar e evitar novas crises. Em situações que as dores não regridem é necessária uma avaliação mais profunda e de acordo com o caso realizar outras medidas para melhora do quadro.

A Lombalgia quando causada por Doença Degenerativa pode ser proveniente de:

- Hérnia de disco lombar

- Protusão discal

- Lesão no disco intervetebral

- Artrose facetária

- Estenose do canal, recesso e foramen

- Instabilidade na coluna do segmento

- Espondilolistese

 

A escolha do tratamento vai depender da origem da dor.