phone (51) 3595-2254 - Novo Hamburgo / RS

phone (51) 3589-4578 - São Leopoldo / RS

phone (31) 2551-2300 - Belo Horizonte / MG

Endoscopia - Indicações

HÉRNIA DE DISCO LOMBAR

 

A hérnia de disco é uma das patologias mais comum da coluna.

O sintoma mais frequente é  a dor que inicia na coluna e se irradia pelo membro inferior, podendo estar associado a fraqueza e dormência.

 

 

 

A Endoscopia é indicada para todas as hérnias de disco da coluna lombar e torácica que não responderam a terapias conservadoras. 
 

Objetivos da Endoscopia:
 

Descompressão direta das estruturas neurais: acesso para alcançar e remover a hérnia de disco de forma direta.
 

Acesso menos traumático possível: evitar lesão as estruturas que estão em torno da hérnia e que NÃO FAZEM parte da patologia e que são estruturas importantes para estabilidade da coluna: MÚSCULO, OSSO E LIGAMENTOS. 
 

Menor risco possível de recidiva da hérnia e complicações: retirada da hérnia de forma parcial e seletiva a fim reduzir o risco de recorrência e diminuir a fibrose em torno do nervo.
 

De acordo com o local da hérnia escolhemos o tipo de acesso:


- TRANSFORAMINAIL E EXTRAFORAMINAL: Hérnias Foraminais e Extraforaminais de L1 a S1

                                                                                  Hérnias Centrolaterais e Medianas de L1 a L5

 

 

 

 

- INTERLAMINAR:   Hérnias Medianas e Centrolaterias L4/L5 e L5/S1

 

 

 

ESTENOSE  CENTRAL E LATERAL

A Estenose se caracteriza por uma constrição de um espaço por onde passam os nervos. Dependendo do local irá gerar sintomas diferentes.

Essa constrição é resultado mais comumente de alterações degenerativas em que osso, ligamentos, disco intervertebral e capsula articular compressão das estruturas neurais.

O paciente pode apresentar os seguintes sintomas:

- Fraqueza nos membros inferiores

- Dificuldade de percorrer longas distâncias

- Dor para um ou dois membros inferiores

- Dormência em um ou dois membros inferiores 

 

A Estenose pode se localizar em 3 regiões:

 

Estenose Central – Canal Medular

Geralmente causa dor, fraqueza e dormência nos membros inferiores que pode piorar com a caminhada.

A compressão ocorre em várias raizes nervosas (nervos).

 

 

O acesso usado é o INTERLAMINAR utilizando brocas diamantadas e outras pinças que possibilitam a remoção do excesso das estruturas ósseas e ligamentos com segurança para liberação das estruturas neurais. Com isso aumentamos o espaço por onde passam os nervos.

 

 

Estenose Lateral – Foramen e Recesso Lateral

Geralmente causa dor , fraqueza e dormência em uma perna que pode piorar com a caminhada, devido a compressão de um nervo.

O acesso para a Estenose Foraminal é LATERAL – TRANSFORAMINAL em que é feita a remoção do excesso ósseo das articulações (faceta inferior) e osteófitos assim como o disco intervertebral para liberação do nervo ,que está comprimido conforme mostram as imagens abaixo, com uso de brocas diamantadas e outros instrumentos a fim de aumentar o espaço por onde ele está passando.

 

 

O acesso para a Estenose do Recesso Lateral é semelhante ao central: INTERLAMINAR. O objetivo é a remoção do recesso lateral (excesso de osso) que está sobre o nervo e de outras estruturas que podem estar causando compressão e dor, assim deixando-o livre e aliviando a dor ciática.