phone (51) 3595-2254 - Novo Hamburgo / RS

phone (51) 3589-4578 - São Leopoldo / RS

phone (31) 2551-2300 - Belo Horizonte / MG


Osteoropose: é importante PREVENIR e TRATAR.

Nosso pico de massa óssea se dá   a partir da adolescência até os 50 anos.

 

O metabolismo ósseo é uma equação entre a FORMAÇÃO e a REABSORÇÃO de osso.

 

Todos nós, tanto homens e mulheres sofreremos um desequilíbrio a partir dos 50 anos, em que, ocorrerá uma diminuição da massa óssea , pois formaremos menos osso.

 

O maior risco da osteoporose são as fraturas, sendo a principal causa delas em pessoas acima do 50 anos. O locais mais acometidos são punho, coluna e quadril. As fraturas de quadril apresenta grande morbidade para os pacientes.  Por isso é importante sabermos como prevenir e tratar a osteoporose.

 

O substrato MINERAL mais importante  para a formação de massa óssea é o CÁLCIO. Esse mineral está presente em vários alimentos. A quantidade ideal de CÁLCIO  a ser ingerida por dia em pessoas acima dos 50 anos é 1200 mg. Estimasse que a população brasileira consuma 400 por dia, o que é insuficiente para o metabolismo ósseo. Dessa forma uma ingesta nutricional  associada uma suplementação é adequada a fim de mantermos uma boa massa óssea.

 

A vitamina D é tão importante quanto o CÁLCIO, pois é ela que possibilita a absorção no intestino do cálcio. Mas ela precisa passar por uma transformação para tornar-se CALCITRIOL. Essa transformação se dará por meio da exposição ao sol ( raios UVB, ao menos 20 minutos antes das 10 horas ou 16 horas).  Recomendamos uma suplementação de 800 ui dia de vitamina D.

 

Nosso estilo de vida é fundamental para a manutenção adequada do metabolismo ósseo.  A atividade física é fundamental para estimularmos esse metabolismo, assim como, para mantermos a força muscular e a propriocepção (equilíbrio, orientação espacial do nosso corpo, coordenação) melhorando a capacidade funcional  e contribuindo  para a prevenção das quedas.

 

Hábitos como cigarro e bebidas alcóolicas interferem de forma negativa, assim como, algumas medicações ( anti-inflamatórios esteróides, ansiliticos, hipnóticos, entre outros)

 

A forma mais simples e que cabe a nós fazermos é termo uma alimentação adequada, com uma boa injesta de Cálcio e Vit D, e hábitos saudáveis. Segue aqui uma lista de alguns alimentos:

 

   Cálcio                                                                        Vit D

- Queijo                                                                    -  Peixes

- Iogurte                                                                   - Frutos do mar

- Feijão                                                                     - Ovo cozido

- Espinafre                                                              - Cogumelos

- Brocolis                                                                 - Laranja

- Quiabo                                                                  - Cereais enriquecidos

- Ameixas secas                                                   - Leite

 

Quando disgnósticada a Osteoporose devemos iniciar o tratamento medicamentosos.

 

Lançamos mão de mais de uma classe de medicamentos. Os mais utilizados e a primeira linha em todo mundo  são os BIFOSFONATOS, os quais diminuem a reabsorção óssea, melhorando a densidade e diminuindo o risco de fraturas. Os mais conhecidos são: Alendronato de Sódio, Risendronato e Ibandronato. São usados por via oral de uso semanal ou mensal. Há opção endovenosa que é o Ibandronato e o Ácido Zolendrônico, esse ultimo usado anualmente .

 

Em situações em que não há uma resposta esperada ,intolerância ou contra-indicações ( Insuficiência Renal) utilizamos outras medicações que agem de forma diferente. O Desonubame inibe também a reabsorção ósseo, porém de outra forma. Ele é usado por via subcutânea e é utilizada a cada 6 mêses. A Teriparatide age aumentado a formação óssea, diferente dos outros fármacos, também é utilizada quanda há falha no tratamento com as opções anteriores.

 

A Osteoporose é uma doença silenciosa, por isso a importância de previnirmos. Precisamos dar nos conta que a nossa saúde está diretamente relacionada com nossos hábitos e isso só depende de nós.

 

Confira também:

Cirurgia de hérnia de disco lombar é segura?

Como evitar dores nas costas?